Fibromialgia: tratamentos

SÉRIE FIBROMIALGIA

POR ADRIANE ZIMERER

Fibromialgia: tratamentos

Exercícios físicos e meditação aliviam os sintomas da doença

3 de 3

É muito difícil viver com uma doença, cujo principal sintoma é a dor, que insiste em ficar no corpo, como é o caso de quem tem fibromialgia. Para mudar este quadro é preciso investir em vários tipos de tratamentos.

Dor crônica

Cada pessoa sente a dor de maneira diferente. Pessoas com fibromialgia são mais sensíveis. As dores são difusas pelo corpo e é difícil identificar se são musculares ou parecem atacar os nervos. O cansaço, problemas para dormir, até alterações intestinais acompanham o dia a dia desses pacientes. Após o diagnóstico, o médico pode iniciar o tratamento com remédios, mas tudo isso pode ser controlado com outras medidas e mudanças nos hábitos de vida.

Exercícios físicos regulares fortalecem os músculos, melhoram a sensação de dor e os distúrbios do sono, também trabalham a respiração. O pilates é uma ótima atividade, pois mexe com todo o corpo, além de promover relaxamento.

A acupuntura trabalha toda a energia corporal, atuando nos pontos que precisam ser tratados. Ela pode ser feita através de agulhas, que relaxam a musculatura e estimulam o tato, o olfato e a audição. Uma alternativa são os cristais de quartzo. Devem ser aplicados nos pontos de dor. Eles têm a função de ampliar e equilibrar a energia corporal.

Técnicas de relaxamento acalmam a mente, como a respiração, a yoga, a meditação. O importante é balancear o dia entre períodos de trabalho e lazer, vigília e sono. Dormir bem é fundamental. Faça alimentações saudáveis! Cuide de você!

Todos os vídeos da série

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.