Broncopneumonia: sintomas, tratamentos e causas

REVISADO POR
Dr. Franco Martins
Pneumologia - CRM 138476/SP
especialista minha vida

Visão Geral

O que é Broncopneumonia?

Broncopneumonia, pneumonia bacteriana, pneumonia viral, início de pneumonia. É difícil entender o que é o quê nessa sala de termos médicos, porém, uma é mais comum e muito importante, a broncopneumonia.

PUBLICIDADE

A broncopneumonia é uma infecção de rápida instalação que atinge a via de passagem do ar nos pulmões, os brônquios. Como essas estruturas levam o ar para todas as regiões dos pulmões, a infecção se espalha e atinge o órgão todo. É um quadro diferente da pneumonia comum, que costuma afetar uma ou duas divisões do pulmão, ficando mais restrita.

Essa doença é uma das principais causas de uso de antibióticos, internação hospitalar e mortes no Brasil e no mundo. A broncopneumonia pode ser a etapa final de muitas doenças, que acabam acometendo os pulmões e piorando o quadro.

Causas

A principal causa da broncopneumonia é a infecção por bactérias. Pode também ser decorrente de infecções virais ou, mais raramente, por complicações de outras doenças infecciosas como o sarampo.

Idosos, bebês e pessoas com baixa imunidade são mais suscetíveis ao desenvolvimento de broncopneumonias. Pessoas que apresentam engasgos frequentes ao comer ou ingerir líquidos também têm maior risco, devido à aspiração do alimento para os brônquios facilitando desenvolvimento de bactérias.

Sintomas

Sintomas de Broncopneumonia

Os principais sintomas da broncopneumonia são:

  • Febre alta
  • Falta de ar ou dificuldade para respirar
  • Cansaço
  • Fraqueza
  • Calafrios
  • Tosse com catarro
  • Em pessoas idosas, quadros de confusão mental.

Quando os primeiros sintomas aparecerem é importante que o médico seja consultado para o diagnóstico correto da doença e para que o tratamento seja iniciado.

Diagnóstico e Exames

Diagnóstico de Broncopneumonia

O médico especialista nessa doença pulmonar é o pneumologista. A confirmação da broncopneumonia é feita principalmente pelo exame físico do médico e exames de imagem.

Os principais exames são a radiografia do tórax, popular raio x, e a tomografia computadorizada, que permite imagens mais detalhadas dos pulmões. Outros exames solicitados são a cultura do catarro e exames de sangue, como hemograma, proteína-c-reativa, ureia, gasometria.

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Broncopneumonia

Quanto antes iniciado o tratamento melhora é a resposta do paciente. O tratamento é baseado em antibióticos, para controlar a infecção pelas bactérias. Uma ou duas semanas costumam ser tempo suficiente de uso dos antibióticos, onde devemos respeitar os horários de tomada da medicação.

Outras medicações para reduzir os sintomas também podem ser prescritas pelo médico, como corticoides e inalação. Casos mais graves precisam ser tratados em ambiente hospitalar, com medicações endovenosas e acompanhamento diário de profissionais de saúde como médicos, enfermeiros e fisioterapeutas.

No decorrer do tratamento, caso seja realizado em casa, é importante beber bastante líquido, evitar atividades físicas exaustivas e ambientes fechados, não fumar, sempre colocar a mão em frente à boca ao tossir, lavar as mãos com frequência ou utilizar álcool gel e sempre participar das campanhas de vacinação.

Convivendo (prognóstico)

Convivendo/ Prognóstico

Mesmo após passada a broncopneumonia, uma sequela ou outra doença pode permanecer. É importante passar por nova avaliação médica após 4 a 6 semanas do término do tratamento, se certificando de que tudo está bem e se prevenindo de futuras infecções.

Fontes e referências

  • *Franco Martins, pneumologista (CRM 138476/SP)