Abscesso dentário: sintomas, tratamentos e causas

Visão Geral

O que é Abscesso dentário?

Sinônimos: abscesso dentário, abscesso periapical, infecção dentária, abscesso - dente

Um abcesso dentário é um acúmulo de pus no dente ou gengiva devido a uma infecção bacteriana. O abcesso pode ocorrer em diferentes regiões do dente por razões diferentes. Um abcesso periapical ocorre na ponta da raiz dentária, enquanto que um periodontal ocorre nas gengivas junto à raiz de um dente.

PUBLICIDADE

Sinônimos

Abscesso periapical, Infecção dentária; Abscesso no dente

Causas

O abcesso dentário acontece quando uma bactéria se instala em alguma cavidade entre a gengiva e os ossos da face ou pescoço. Um dente infeccionado que não recebe tratamento apropriado pode formar um abcesso.

Como escovar os dentes - SAIBA MAIS
0 de 6

Fatores de risco

Entre os fatores mais associados ao surgimento de abcesso estão:

  • Falta de higiene oral
  • Dieta rica em açúcar.

Sintomas

Sintomas de Abscesso dentário

Os sinais mais comuns de abcesso dentário são:

Sintomas de abcesso dentário em estágio avançado incluem:

  • Náusea
  • Vômito
  • Febre
  • Calafrios
  • Diarreia.

Outros sinais de abcesso dentário podem ocorrer, tais como:

  • Inflamação na gengiva (gengivite)
  • Cáries
  • Sensibilidade ao toque
  • Drenagem de pus
  • Dificuldade de abrir a boca ou mastigar.

Diagnóstico e Exames

Buscando ajuda médica

Se você tem um abcesso dentário, marque uma consulta com dentista. Se a infecção começar a ficar dolorosa a ponto de ser insuportável, será necessário buscar fazer uma drenagem.

Se você tiver sintomas como febre, calafrios, vômito ou diarreia por conta do abcesso, marque uma consulta médica.

Diagnóstico de Abscesso dentário

É possível diagnosticar um abcesso dentário apenas com um exame físico. Entretanto, pode ser necessário fazer um raio-x do dente para verificar se não há infecções em outras áreas da boca que ainda não formaram abcessos.

Tratamento e Cuidados

Tratamento de Abscesso dentário

Incisão e drenagem do abcesso

O dentista irá fazer um pequeno corte no abcesso, retirar o pus e higienizar a área com uma solução salina. Isso impede que a infecção volte.

Tratamento de canal

Este procedimento pode ajudar a eliminar a infecção e salvar o seu dente. Para isso, o dentista remove o tecido doente central (polpa) usando uma broca e drena o abscesso. Ele ou ela, em seguida, veda a cavidade e canais radiculares do dente. Também é colocada uma coroa no dente para aumentar sua rigidez, especialmente se forem molares. Se você cuidar de seu dente restaurado corretamente, pode durar uma vida.

Extrair o dente afetado

Se o dente não pode ser salvo, deverá ser feita uma extração seguida de drenagem do dente.

Antibióticos

Se a infecção é limitada à área do abscesso, você pode não precisar de antibióticos. Mas, se a infecção se espalhou para os dentes vizinhos, mandíbula ou outras áreas, provavelmente será necessário prescrever antibióticos para impedir que se espalhe ainda mais.

Medicamentos para Abscesso dentário

Os medicamentos mais usados para o tratamento de um abscesso dentário são:

Somente um médico pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

Convivendo (prognóstico)

Complicações possíveis

O abcesso dentário não se cura sem tratamento. Se ele se rompe, a dor pode diminuir significativamente – mas isso não quer dizer que o tratamento deve ser dispensado. Se o abcesso não é drenado, a infecção pode se espalhar para outras partes da sua boca, podendo inclusive afetar outras partes do seu corpo.

Se você tem um sistema imunitário comprometido, as chances de complicações são ainda maiores.

Prevenção

Cuide bem da sua saúde bucal e evite infecções com alguns cuidados:

  • Escove os dentes pelo menos três vezes ao dia
  • Use fio dental pelo menos uma vez ao dia, de preferência antes da última escovação diária
  • Troque a escova de dentes pelo menos uma vez a cada três ou quatro meses
  • Evite alimentos ricos em açúcar
  • Faça visitas regulares ao dentista.

Fontes e referências

  • American Dental Association