kat e mais 1 pessoa perguntaram:

Quais são os sintomas de sífilis?

  • Respondido em 27/06/2017
    Dr. Paulo Mazili Urologia - CRM 107740/SP
    especialista minha vida
    Olá,

    A sífilis é uma doença bacteriana (treponema pallidum) transmitida por contato sexual. Ela possui três diferentes estágios podendo apresentar intervalos entre uma fase e outra de mais de 10 anos.A fase primária ocorre cerca de 3 a 90 dias após a exposição inicial uma lesão de pele, chamado de cancro, aparece no ponto de contato. Esta é classicamente uma única ulceração da pele firme, indolor, que não coça com uma base limpa e bordas nítidas entre 0,3 e 3,0 cm de tamanho. A lesão, no entanto, pode assumir praticamente qualquer formato.Na forma clássica, a lesão evolui a partir de uma mancha para uma bolha e, finalmente, para uma erosão ou ulceração.A fase secundária é caracterizada por uma erupção cutânea que aparece de 1 a 6 meses após a lesão primária ter desaparecido. Esta erupção é vermelha rosácea e aparece simetricamente no tronco e membros, e atingem também as palmas das mãos e as solas dos pés. Em áreas úmidas do corpo se forma uma erupção cutânea larga e plana chamada de condiloma lata, ou condiloma plano. Manchas tipo placas também podem aparecer nas mucosas genitais ou orais. O paciente é muito contagioso nesta fase.Os sintomas gerais da sífilis secundária mais relatados são mal-estar (23%-46%), cefaleia (9%-46%), febre (5%-39%), prurido (42%) e hiporexia (25%). Sinais mais específicos ocorrem nas seguintes frequências: exantema (manchas vermelhas pelo corpo) (88%-100%), linfadenopatia (85%-89%), cancro primário residual (25%-43%).A sífilis terceária é evolução da secundária não tratada e pode ocorrer após décadas assintomática (fase latente). SE caracteriza por alterações articulares, tumores de pele e também podem acometer o coração e o cérebro, sendo as formas mais graves da sífilis com sequelas incapacitantes. O tratamento pode ser feito em qualquer fase, mas de preferência nas fase mais inicial possível, o antibiótico de escolha é da família das penicilinas. Porém hoje em dia temos notado um número preocupante de bactérias resistentes aos antibióticos classicamente utilizados.O tratamento da sífilis deve ser prescrito por médicos e acompanhado até a cura da doença.