Febre amarela em SP: prefeitura reforça ações na Zona Norte

Prefeitura iniciou 3ª etapa da vacinação e está usando nebulização na região, veja quando e onde é possível se vacinar

POR REDAÇÃO - ATUALIZADO EM 04/12/2017

A febre amarela é uma doença infecciosa causada por um vírus e transmitida por mosquitos. A infecção pode ser categorizada de duas formas: febre amarela urbana, quando é transmitida pelo Aedes aegypti ou febre amarela silvestre, quando transmitida pelo Haemagogus e Sabethe.

PUBLICIDADE

No dia 25 de outubro, o Parque Anhanguera, na zona norte de São Paulo, foi fechado por tempo indeterminado devido à suspeita de febre amarela. Em nota, a Secretaria do Verde e Meio Ambiente informou que a medida foi tomada depois que um sagui foi encontrado morto na unidade. De acordo com os resultados laboratoriais preliminares foi confirmado a doença no animal.

No mês de outubro foi confirmado morte de quatro macacos pela doença na capital paulista: dois no Parque Anhanguera, um no Horto Florestal e um no Parque Ecológico do Tietê. Por isso, a Prefeitura decidiu fechar outros 16 parques na região. Na última semana, a Prefeitura de Mairiporã confirmou a morte de 22 macacos com a doença. Em Guarulhos, está sendo analisado a morte de mais um animal.

O órgão ressaltou que a população não deve atacar os animais, já que apesar de ser hospedeiro da doença, o macaco não transmite o vírus para a população. O responsável pela transmissão é o mosquito Aedes aegypti.

No final de outubro, escolas e igrejas entraram no roteiro de vacinação contra febre amarela na zona norte de São Paulo. Os espaços foram usados pela Prefeitura como postos temporários de imunização, além de 37 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) na região. Os moradores esperaram até uma hora e meia nas filas.

Fase da campanha de vacinação

"Nossa expectativa é vacinar 500 mil pessoas na primeira fase de imunização, outros 500 mil na segunda e, mais 1,5 na terceira, totalizando 2,5 milhões na terceira fase. Teremos vacina suficiente para toda a população que precisa ser imunizada. Não há motivo para pânico", comentou Wilson Pollara, secretário municipal da Saúde, em nota.

Na primeira fase, a vacinação é indicada para pessoas a partir dos 9 meses de idade que residam a, no mínimo, 500 metros à frente da área de extensão dos parques do Horto e Cantareira. Na segunda fase deverá ser ampliado a um raio de 1000 metros e a terceira fase somente será definida após uma nova avaliação epidemiológica.

Nesta segunda-feira, dia 4 de dezembro, mais 20 postos de saúde da zona norte de São Paulo passarão a oferecer a vacina contra febre amarela. As novas unidades disponíveis ficam nos distritos da Casa Verde, Pirituba, Limão. São Domingos, Vila Guilherme, Vila Maria e Vila Medeiros. O governo está iniciando agora a terceira fase da vacinação, o objetivo é vacinar toda a população da zona norte de São Paulo.

A vacina não é indicada para gestantes, mulheres amamentando crianças com até 6 meses e pessoas imunodeprimidas, como pacientes em tratamento quimioterápico, radioterápico ou com corticoides em doses elevadas (portadores de Lúpus, por exemplo). Em caso de dúvida, é importante consultar o médico.

Nebulização como estratégia de prevenção

A Prefeitura de São Paulo está usando nebulização (fumacê) e fazendo visitas a imóveis na zona norte como estratégia de combate ao Aedes aegypti na região do Horto Florestal e do Parque do Anhanguera. A medida tem como objetivo prevenir contra a febre amarela. A vacinação nos postos teve o horário ampliado pela Secretaria Municipal de Saúde e também será feita neste fim de semana.

Além disso, a pasta informou que equipes das supervisões de vigilância atuaram em imóveis às margens das áreas de mata dos parques e que a nebulização atingiu 3,7 imóveis em uma área em que vivem 9.361 pessoas. A nebulização foi feita, segundo a Prefeitura, em áreas próximas ao local onde foi encontrado um macaco morto com infecção confirmada pela doença.

A febre amarela é uma doença infecciosa causada por um vírus e transmitida por mosquitos. A infecção pode ser categorizada de duas formas: febre amarela urbana, quando é transmitida pelo Aedes aegypti ou febre amarela silvestre, quando transmitida pelo Haemagogus e Sabethe.

Veja quando e onde se vacinar

Veja aqui a lista e horários dos postos de vacinação.

Não deixe de consultar o seu médico. Encontre aqui médicos indicados por outras pessoas.