Movimentos errados sabotam o bumbum durinho

Postura inadequada também pode prejudicar a coluna, costas e joelhos

Ele ganha atenção especial quando o assunto é exercícios físicos. Conhecido como "paixão nacional", o bumbum entra na lista de cuidados da mulherada para combater a celulite e a flacidez.

Diversas atividades prometem deixá-lo durinho e empinado, o problema é que muita gente tem boa intenção, mas acabam errando ou exagerando na potência dos exercícios. A atitude pode ocasionar uma tremenda dor na coluna, além de não apresentar o resultado esperado.

Para mostrar como os exercícios devem ser executados, o MinhaVida conversou com o personal trainel Romney Dantas, que também aponta os principais erros cometidos em cada um deles. "Pequenos erros podem se transformar em problemas sérios de coluna, além de oferecer riscos para saúde dos joelhos", diz o especialista. Confira as dicas:

Na academia

Afundo: Um dos principais exercícios para a região, também conhecido como avanço guinado, consiste em levantar o peso no movimento de agachamento. "É uma boa alternativa para quem não se sente confortável em realizar o agachamento livre e está entre os melhores para desenvolver os glúteos", explica o personal. O exercício pode ser feito no aparelho que apresenta uma barra para segurar o peso e ajuda no desenvolvimento correto do exercício. "É necessário permanecer com o quadril sempre alinhado com a barra lateral, principalmente quando estamos empurrando o peso para cima. É nesta fase que a tendência de deslocamento posterior do quadril é maior, acarretando estresse desnecessário à região lombar", alerta.

Durante o desenvolvimento do exercício, uma perna deve estar à frente com com a sola do pé toda apoiada no chão, já a perna de trás deve permanecer com o pé em meia ponta . "O esforço deve estar sempre concentrado na perna que se encontra à frente e nunca na outra perna de trás. E vale lembrar que é preciso descer devagar até que o joelho da perna de trás toque levemente o chão", explica.