Bebê de 9 dias contrai meningite após ser beijado por adulto

"Não beijem um bebê recém-nascido. A preocupação e a dor não valem mil beijos", comentou a mãe

POR REDAÇÃO - PUBLICADO EM 04/09/2017

"A preocupação e a dor não valem mil beijos", comentou a mãe

O nascimento do bebê é um momento repleto de emoções, descobertas e de grande alegria mas, ao mesmo tempo, de dúvidas e preocupações. Nesta fase inicial, a criança precisa de toda atenção e cuidado dos pais, já que simples deslize pode prejudicar a saúde do recém-nascido.

PUBLICIDADE

A britânica Krystal Hayes, uma mãe de 26 anos, decidiu alertar os pais de bebês recém-nascidos para não beijarem os seus filhos nem deixarem que alguém o faça, depois que o seu bebê de apenas nove dias contraiu uma meningite viral após receber um beijo.

"Apenas um beijo inocente. Nada mais do que uma forma de carinho de alguém que ama o bebê e não seria capaz de fazer nenhum mal. Algo tão natural. Pode ser que após o beijo eles fiquem bem e não tenha sintomas, mas esses pequenos vírus dormentes podem ser fatais", comentou Krystal ao jornal DailyMail.

O episódio começou depois que John Gresham, pai do Gunner, levantou às 4 da manhã para alimentar Gunner e percebeu que ele estava quente, mas assumiu que era devido ao tempo quente e retirou o cobertor do bebê. Na manhã, ao verificar o bebê notaram que a temperatura estava atingindo 38.9ºC .

Então, os pais decidiram tirar a roupinha da criança para diminuir a febre, porém ao realizarem esse ato Gunner começou a chorar devido ao toque e sua respiração passou a ser muito rápido.

O casal percebeu que algo estava errado e correram imediatamente para o hospital. Ao chegarem no hospital, o bebê foi diretamente para o departamento de crianças, onde começaram a monitorar sua temperatura.

No entanto, o estado de saúde de Gunner só piorou e depois algumas horas o bebê começou a ter convulsões. Após exames de sangue e urina, além de um raio-X, nada havia sido constatado. Por isso, os médicos deram ao bebê antibióticos juntamente com paracetamol e ibuprofeno para tentar reduzir sua temperatura, para que novos testes pudessem ser realizados.

Após beijo de adulto, bebê de 9 dias contrai meningite e é internado - foto: Divulgação/DailyMail
Após beijo de adulto, bebê de 9 dias contrai meningite e é internado

Depois que Gunner foi estabilizado, os médicos realizaram uma punção lombar na parte inferior da coluna vertebral para testar infecções, incluindo meningite. Então foi confirmado que o bebê apresentava meningite viral, contudo não havia mostrado nenhum dos sintomas mais comuns, como mudança no apetite, sensibilidade à luz, pescoço rígido ou mãos e pés frios.

De acordo com os médicos, o beijo causador da doença da criança pode ter sido de qualquer pessoa, até mesmo dos próprios pais, que podiam conter o vírus da doença sem saber.

"Meu conselho sincero para todos é que não beijem um bebê recém-nascido. A preocupação e a dor não valem mil beijos"

Apesar da gravidade da doença, o bebé salvou-se e não teve nenhuma sequela, como os médicos previam.

O bebé salvou-se e não teve nenhuma sequela - foto: Divulgação/DailyMail
O bebé salvou-se e não teve nenhuma sequela

O que é Meningite viral?

Meningite é a inflamação da membrana que encobre o cérebro e a medula espinhal. Infecções perfazem boa parte das causas desta inflamação. Infecções por vírus (meningite viral) são a causa mais frequente de meningite e, na maioria das vezes, é uma doença autolimitada e benigna.

Existem diversos tipos de vírus que podem causar meningite viral. A propagação desses vírus é comum e pode ser transmitida de pessoa para pessoa por tosse, espirros e mãos não lavadas. As meningites virais podem acometer pessoas de todas as faixas etárias, mesmo se saudáveis.