Lipoescultura gessada: conheça tratamento sem cirurgia para celulite

O método consiste na aplicação de cremes e bandagens na pele para penetração dos ativos

ARTIGO DE ESPECIALISTA

Taynara Lima
Fisioterapia - CREFITO 178459-F/RJ
especialista minha vida

A lipoescultura gessada é uma técnica estética baseada também na utilização de cosméticos específicos para auxiliar a reorganização de medidas, melhora de contorno e remodelamento corporal. Depois de aplicados estes produtos, utiliza bandagens gessadas e através deste enfaixamento apertado - porém moderado conforme limite relatado pelo indivíduo tratado - observa-se o resultado que é individual, mas que cumpre sua proposta respeitando a necessidade de cada organismo.

PUBLICIDADE

Ela pode ser feita em áreas como:

  • Abdômen
  • Flancos
  • Coxas
  • Culotes.

Outros nomes

Bandagem ou bandagem gessada

Indicações da lipoescultura gessada

Estas áreas podem envolver quadros como a celulite, muitas vezes incentivada pelo aumento do volume das células de gordura localizada em determinada região que dificulta a circulação local e pode gerar a indesejada aparência dos microfurinhos.

Vale lembrar que a maioria dos cosméticos utilizados visam o aumento do metabolismo local e a melhora do fluxo circulatório local; portanto é comum que se observe melhora do inchaço na área abordada e o aspecto lisinho da pele, além da melhora do contorno corporal e medidas, como se realmente se esculpisse o corpo.

Primeiro é feita uma higienização e esfoliação da pele, com objetivo de remover células mortas e impurezas, que podem ser barreiras na pele e impedem a boa penetração dos ativos que serão propostos para o tratamento.

Depois pode ser aplicado o cosmético com ativos específicos. Vale lembrar que o ativo, bem como o tempo em que ficará na área, tipo de massagem que será aplicada para facilitar a absorção do mesmo, tempo de enfaixamento e a necessidade do uso anterior de algum aparelho (eletroterapia) será avaliada pelo profissional de forma minuciosa através da avaliação inicial e demanda tecidual observada tanto no início quanto durante o tratamento.

O paciente fica com elas por entre cerca de 40 a 60 minutos. Nesse tempo, a área engessada deve ser mantida imóvel.

Cremes utilizados

A maioria dos cosméticos utilizados visam o aumento do metabolismo local, que incentiva uma ação sobre as células adiposas ( células de gordura) e a melhora do fluxo circulatório local ( ação drenante). Muito comum o uso de centelha asiática, por exemplo, cafeína, pimenta, mas sempre sob avaliação do profissional, que fará um acompanhamento do melhor ativo, dentro das possibilidades e necessidades do indivíduo.

Sessões de lipoescultura gessada

A quantidade das sessões depende da avaliação inicial, volume a ser tratado, hábitos do indivíduo e da resposta, que é individual. A partir de 5 sessões já se observa alguma resposta mais expressiva.

É importante q o intervalo seja pelo menos semanal e a manutenção deve ser avaliada se para quinzenas ou regime mensal. Depende também e muito do empenho e hábitos do indivíduo.

Profissionais de estética, desde que capacitados com cursos nessa área

Contraindicações da lipoescultura gessada

A técnica é contraindicada principalmente para pessoas alérgicas aos ativos e as de extrema fragilidade tecidual, pois não poderiam se expor ao processo.

Grávidas também são contraindicadas, pois elas não devem tem contato com certos ativos e não podem ser manipuladas da forma proposta.

Resultados esperados

Após cinco sessões de lipoescultura gessada, é possível perceber melhora do contorno e remodelamento corporal e da textura da pele (aspecto mais lisinho).

Alie a lipoescultura gessada a...

Tratamentos estéticos Esse tratamento funciona bem quando aliado a técnicas de eletroterapia como:

  • Ultrassom
  • Cavitação
  • Correntes e eletroestimulação
  • Ultrassom microfocado de alta intensidade.

Também traz bons resultados se for aliado a técnicas manuais como drenagem linfática manual e massagem modeladora.

Hábitos saudáveis Todo tratamento estético requer atenção quanto aos hábitos alimentares, prática de atividade física regular e hidratação (oral e tópica). Estes fatores são influências diretas sobre o período do tratamento e depois.