Abdominoplastia masculina: tudo que você precisa saber

A cirurgia pode ser a solução para a famosa "barriguinha de chopp"

ARTIGO DE ESPECIALISTA - PUBLICADO EM 31/10/2017

Dr. Marcelo Wulkan
Cirurgia Plástica - CRM 108732/SP
especialista minha vida

Alguns pacientes homens podem achar que a cirurgia plástica de barriga seja o verdadeiro milagre que estão esperando. Na verdade, a abdominoplastia do homem é muito parecida com a cirurgia feita nas mulheres. Alguns detalhes de posicionamento da cicatriz são diferentes pois a maioria dos homens usam roupa íntima na região baixa do abdome de maneira diferente que as mulheres usam suas calcinhas/biquínis.

PUBLICIDADE

Também é pouco usual nos homens ocorrer a diástase do musculo reto abdominal mais comumente visto em mulheres que tiveram filhos (o útero aumenta e ?alarga? a distancias dos 2 músculos reto abdominais). Existe também uma diferença no local de depósito de gordura que deve ser notado pelo cirurgião plástico.

Mesmo assim, a abdominoplastia nos homens é uma cirurgia altamente eficaz quando existe excesso de pele e gordura pendente. Ela pode sim melhorar a famosa "barriguinha de chopp" desde que essa barriga seja composta de gordura que se localiza na parte de fora dos órgãos, ou seja, aquele tipo de gordura que não é do tipo visceral. Nesses casos, com bastante excesso de pele especialmente na parte abaixo do umbigo, o cirurgião plástico consegue retirar essa região desagradável ao paciente.

No entanto, é importante não se iludir pois a barriga tipo ?tanquinho? se deve ao esforço do próprio paciente que precisa ter dieta saudável e prática de exercícios regulares; a cirurgia plástica não faz o abdome tanquinho, mas ajuda a estimular o paciente com sua autoestima.

Que homens têm indicação para fazer abdominoplastia?

  • Pacientes com peso ideal ou até 20-30% acima do peso ideal
  • Pacientes acima do peso que desejam apenas uma cirurgia ?higiênica? para melhorar sua qualidade de vida, sabendo que não ocorrerão mudanças extremas no contorno corporal. O objetivo é retirar o excesso de pele-gordura que acumula no abdome inferior e que fica constantemente coçando e com infecções de pele decorrentes de contaminação bacteriana e/ou fúngica
  • Pacientes saudáveis que não tenham contraindicações médicas para serem submetidos a procedimento cirúrgico
  • Pacientes que não sofram do "efeito sanfona" em que se engorda e emagrece num curto período de tempo
  • Pacientes que se comprometam a manter hábitos de vida saudáveis e que mantenham seu peso estável depois da cirurgia
  • Pacientes não fumantes (de preferência)
  • Pacientes sem grandes cicatrizes acima do umbigo. Cicatrizes abdominais altas serão avaliadas em consulta para autorização da plástica de abdome
  • Pacientes emocionalmente estáveis, otimistas e realistas com a limitação do procedimento
  • Pacientes que seguem à risca a orientação médica pós-operatória e venham ao consultório sempre que solicitados.

Homens contraindicados a abdominoplastia

Pacientes com as seguintes doenças e que não foi liberada pelo clinico geral:

  • Diabetes
  • Hipertensão
  • Dificuldade de coagulação
  • Doença pulmonar obstrutiva crônica
  • Asma grave

Tabagistas de longa data devem ser avaliados individualmente pois aumenta a chance de necrose de pele (converse com seu médico da SBCP sobre isso)

Resultados esperados

O resultado esperado é o de melhora no contorno corporal do abdome deixando a barriga mais plana e com menos "pneuzinhos". Não se deve esperar muita perda de peso com essa cirurgia.

Cuidados na recuperação

Os cuidados devem ser dados de maneira individual conforme orientado pelo médico do paciente membro da Soc. Brasileira de Cirurgia Plástica. De maneira geral deve-se fazer: Repouso relativo domiciliar por no mínimo 7 dias, dormir com a barriga para cima e com 2 travesseiros nas costas, tomar a medicação prescrita pelo médico, retornar em consultas pós-operatórias, dieta rica em proteínas, beber bastante liquido de preferência água.