Ração humana ajuda na perda de peso e melhora o trânsito intestinal

Ela também ajuda a controlar os níveis de colesterol e triglicérides do sangue

Saiba tudo sobre a ração humana - Foto: Getty Images
Saiba tudo sobre a ração humana

A ração humana é um suplemento alimentar em pó à base de cereais integrais e sementes como a linhaça, aveia, fibra de trigo, gergelim, gérmen de trigo, quinoa entre outros. Açúcar mascavo, guaraná em pó, gelatina e levedo de cerveja também estão presentes.

PUBLICIDADE

Nutrientes da ração humana:

Os principais nutrientes presentes na ração humana são: carboidratos de baixo índice glicêmico, que evitam os picos de açúcar no sangue e assim diminuem o risco de diabetes, fibras, que melhoram o trânsito intestinal, vitaminas e minerais. Confira os nutrientes presentes na ração humana, de acordo com os alimentos que ela possui:

Semente de linhaça: Se destaca por ser rica em fibras, que proporcionam o melhor funcionamento do intestino e também saciedade.


Farelo de trigo: Também é rico em fibras.

Aveia: Se destaca por ter boas quantidades de fibras solúveis que além de proporcionar saciedade e melhorar o trânsito intestinal, ainda ajudam no controle dos níveis de glicemia e colesterol no sangue.

Leite de soja: É rico em proteínas, que são aliadas dos músculos, e sais minerais. A bebida também conta com isoflavonas, um fotoquímico que é capaz de atenuar os sintomas da menopausa. O cálcio, importante para a saúde dos ossos e dentes, está presente no leite de soja. A bebida ajuda a reduzir o colesterol e auxilia no fortalecimento do sistema imunológico do organismo.

Açúcar mascavo: É rico em cálcio, ferro, potássio e diversas vitaminas que não são encontradas no açúcar refinado.

Pó de guaraná: Conta com cafeína, substância que tem um efeito estimulante e assim combate o cansaço físico e mental e estimula o sistema nervoso central. Também possui teobromina, substância que tem um efeito broncoprotetor pela capacidade de dilatar os vasos sanguíneos e promover o relaxamento dos brônquios. Além disso, o pó conta com fibras solúveis.

Gergelim: Rico em cálcio e triptofano, que proporciona a sensação de bem-estar. O gergelim tem a finalidade de amenizar dores reumáticas e outros problemas, como tumores, memória fraca, alergia, gastrite, câncer, prisão de ventre, pressão alta e azia.

Levedo de cerveja: Sua principal qualidade é a impressionante concentração de proteínas de fácil digestão. Ele também é fonte de vitaminas do complexo B, que são essenciais para a saúde do cérebro. O levedo de cerveja regulariza as funções intestinais, tem ação desintoxicante, aumenta a resistência física e protege o organismo da fadiga, reumatismo, artrite, gota, obesidade, arteriosclerose.

Gelatina em pó: Conta com colágeno, que ajuda a manter a elasticidade da pele, fortifica as unhas e previne rugas e queda de cabelo.

Cacau em pó: É rico em epicatequina, um tipo de flavonoide com forte ação antioxidante, e também conta com cromo, ferro, magnésio, fósforo, potássio e cafeína. O cacau em pó auxilia a vasodilatação sanguínea, combate a hipertensão e previne o câncer. Ele ainda contribui para a liberação de endorfinas, o que proporciona melhora no humor, reduzindo o risco de depressão.

Benefícios da ração humana

Ajuda na perda de peso: Por possuir uma grande quantidade de fibras, a ração humana diminui a velocidade com que o carboidrato se transforma em açúcar no sangue, evitando assim, picos de insulina, hormônio responsável por promover a entrada de glicose nas células, que quando produzido em excesso, faz com que o organismo estoque esse açúcar em forma de gordura na região abdominal. Essa transformação mais lenta do carboidrato também faz com que a pessoa se sinta saciada por mais um período mais longo.

A ração humana possui aveia  - Foto: Getty Images
A ração humana possui aveia

Melhora o trânsito intestinal: As fibras presentes na ração humana absorvem água e aumentam o conteúdo intestinal estimulando seus movimentos. O bom funcionamento da flora intestinal é fundamental para quem busca perder peso. Os ingredientes da ração humana são eficientes para proporcionar suporte para o bom funcionamento do intestino. As toxinas podem ser eliminadas de forma segura e seu corpo sempre permanecerá desintoxicado, além de reduzir os desconfortos na parede intestinal, assim proporcionando melhor absorção dos nutrientes.

Reduz os níveis de colesterol e triglicérides: A ração humana é fonte de fibras. As fibras solúveis, como a betaglucana presente na aveia, produzem efeitos físicos no intestino delgado com a formação de géis solúveis que alteram a absorção de colesterol do organismo, auxiliando assim no controle dos níveis séricos de colesterol e reduzindo o risco cardiovascular. Além disso, fermentação das fibras solúveis no intestino grosso gera componentes como ácidos graxos de cadeia curta que poderiam reduzir a síntese de colesterol no fígado. As fibras insolúveis, por sua vez, podem se ligar a sais biliares e também contribuir para a redução na absorção de parte de gorduras e do colesterol.

Melhora o sistema imunológico: Este benefício também ocorre devido às fibras presentes na ração humana. Os ácidos graxos de cadeia curta (AGCC), produtos da fermentação de fibras solúveis no intestino, funcionam como fonte de energia para a nutrição das células da própria mucosa intestinal e, as fibras solúveis fermentadas convertem-se também em nutrientes importantes para o desenvolvimento da população bacteriana benéfica atuando favoravelmente sobre a microbiota intestinal.

Esse aumento inibe o crescimento de possíveis bactérias patogênicas, que causam efeitos deletérios ao organismo, por mecanismo de competição. Em última instância, isso implica no fortalecimento do sistema imunológico, diminuindo o risco de infecções gastrointestinais.

Quantidade recomendada

É recomendável consumir diariamente de 2 a 3 colheres de sopa da ração humana.

Como consumir

A ração humana pode ser consumida com vitaminas, sucos, shakes, água e até saladas. É importante atentar para as dosagens. Combine a ração humana com alimentos saudáveis como frutas, vegetais e principalmente água, para aqueles que buscam perder peso.

As principais refeições requerem fontes de distintos nutrientes, e a ração humana não possui todos os nutrientes necessários. Assim, a não deve excluir qualquer refeição. Ela deve ser incorporada para nutrir ainda mais seu corpo para se comportar melhor com as mudanças físicas.

Cuidados ao consumir

A ração humana é indicada para quem deseja emagrecer e ter uma alimentação saudável. É importante ficar atento à quantidade ingerida de ração humana, o seu consumo pessoal determinará se a ração humana emagrece ou engorda. Também é importante ingerir a ração humana após a orientação de um nutricionista ou médico nutrólogo. Pessoas que convivem com o intestino solto devem evitar o consumo da ração humana. Quem consome a ração humana devem ingerir muita água diariamente.

Riscos ao consumir em excesso

O excesso de ração humana pode favorecer o ganho de peso. Ela também pode piorar casos de intestino solto.

Fonte consultada:

Médico nutrólogo Euclésio Bragança, especialista em nutrição esportiva e fundador da Integralmédica