Aposta com amigos faz homem emagrecer 103 kg em um ano

Fabiano Lacerda conta como mudou totalmente seu estilo de vida, sem remédios ou cirurgias

POR AMANDA CRUZ - PUBLICADO EM 07/11/2017

fabiano lacerda - Foto: Reprodução/Instagram
Conheça a história de Fabiano Lacerda

Você emagreceria por uma aposta? O baiano Fabiano Lacerda não só topou o desafio, como também emagreceu 103 kg em um ano. Não, ele não fez nenhuma cirurgia, nem tomou remédios que se dizem milagrosos. Tudo foi feito com a ajuda de profissionais, que o auxiliaram a ajustar a alimentação e a incluir os exercícios no dia a dia. Essa trajetória resultou também no livro "A Aposta: As Motivações que Encontrei para Perder mais de 100 kg", mas você pode entender um pouco da história de Fabiano logo abaixo.

PUBLICIDADE

Ainda criança, Fabiano já tinha alguns quilinhos a mais, apesar de praticar esportes com os amigos e ser ativo. Essa combinação durou até os seus 20 anos, aproximadamente. Foi então que o trabalho e a faculdade viraram de cabeça para baixo a rotina do baiano, natural de Salvador: "As coisas desandaram, parei de fazer atividade física e parei de ter hábitos alimentares saudáveis. Antes eu comia de tudo, não era só salada, mas a atividade física ajudava a controlar algum exagero", lembra ele.

Ele, que é publicitário, tinha uma rotina muito irregular e acabava optando por refeições rápidas ao longo do dia, porém, quase sempre cheias de gordura e pobres em nutrientes. Resumidamente, a alimentação dele continha muito fast food e refrigerantes. Foram cerca de 10 anos até que ele percebesse o caminho que estava trilhando com esses hábitos.

Dificuldades do sobrepeso

A vida com sobrepeso era repleta de dificuldades e inseguranças durante momentos aparentemente simples. "As principais dificuldades estavam relacionadas à locomoção e aos ambientes estreitos. Passar pela catraca do ônibus, por exemplo, era um grande constrangimento", lembra ele. "Outra coisa é que, com excesso de peso, também vem medo de quebrar cadeiras de plástico ou de deitar na rede", diz.

Dificuldades do sobrepeso

A vida com sobrepeso era repleta de dificuldades e inseguranças durante momentos aparentemente simples. "As principais dificuldades estavam relacionadas à locomoção e aos ambientes estreitos. Passar pela catraca do ônibus, por exemplo, era um grande constrangimento", lembra ele. "Outra coisa é que, com excesso de peso, também vem medo de quebrar cadeiras de plástico ou de deitar na rede", diz.

Mas, apesar disso tudo, Fabiano não encontrava motivação para virar esse jogo. "Eu sabia que uma pessoa com o peso que eu tinha não costuma 'durar' muito. Se quisesse viver por mais tempo e ter qualidade de vida, teria que mudar tudo. No entanto, nunca tomei uma atitude. Isso só mudou quando eu decidi ganhar a aposta", conta.

A aposta

fabiano lacerda - Foto: Reprodução/Instagram
Ele emagreceu 103 kg em apenas seis meses

A mudança de vida de Fabiano teve início em 2014, quando seus colegas de trabalho o desafiaram a emagrecer 60 kg em até seis meses, sem cirurgia bariátrica ou remédios. Com a provocação lançada, o pai de Fabiano ofereceu R$ 5 mil na aposta, buscando incentivar o filho e torcendo para que ele conseguisse. Na época, o publicitário pesava 193 kg. "A aposta foi o estopim dessa mudança, pois gerou uma grande empolgação e despertou o desejo de vencer e provar a todos o que eu era capaz de fazer", relembra.

A vontade foi tanta que em apenas cinco meses ele já havia ganho a aposta. "Nesse processo, minha autoestima e disciplina melhoraram muito. Aprendi que é possível, sim, mudar de vida. Basta querer", explica. Porém, pesando cerca de 130 kg depois de ganhar a aposta, ele não se sentia satisfeito com o resultado e decidiu manter o foco, chegando à incrível perda de 103 kg após um ano de mudança em seu estilo de vida.

E se você pensa que Fabiano fez alguma despedida das suas comidas preferidas antes de se jogar no desafio, muito pelo contrário, no momento em que aceitou a mudança ele já se dedicou inteiramente a esse projeto. "Sabia que o desafio era grande. Havia uma aposta para ganhar, eu não podia vacilar", diz ele.

O processo de emagrecimento

Aposta aceita, vem a insegurança. "Primeiro senti um frio na barriga. Fiquei com medo de não conseguir sozinho. Além do apoio da família, procurei ajuda de profissionais que pudessem traçar uma estratégia eficiente e me orientar de forma correta", conta. "Devido ao meu peso, eu tinha ciência de que precisava mudar tudo. A transformação precisava ser completa, com novos hábitos alimentares e acrescentar exercícios físicos à rotina diária. Para fazer isso, é claro, precisava de ajuda especializada", explica.

fabiano lacerda - Foto: Reprodução/Instagram
"A aposta foi o estopim dessa mudança", conta Fabiano

Assim, ele começou a se exercitar, conforme as suas possibilidades de mobilidade na época, e a ter um controle bem mais rígido da alimentação. Marmitas passaram a integrar a rotina dele, que começou a comer de três em três horas. Para evitar as "tentações", a vida social de Fabiano foi um pouco anulada nesse período. Com a rotina puxada no trabalho, o jeito era malhar na hora do almoço e foi justamente o que ele fez.

"Formar novos hábitos e abandonar os antigos é muito difícil. Tive muita dificuldade em mudar a minha relação com o sono, por exemplo. Até hoje, mesmo depois de melhorar bastante, ainda luto para dormir bem. No início do emagrecimento, tive que me acostumar com um cardápio bem restritivo, abandonando todos os alimentos que não faziam bem, e adicionei exercícios físicos, que foram gradativamente ficando mais pesados", conta.

No começo, os colegas tentavam boicotar as mudanças de Fabiano, deixando doces em sua mesa de trabalho. Ele, firme em seu propósito, ignorava os impulsos. "Durante o processo de emagrecimento, eu não abri exceções. Isso é muito importante para quem quer perder peso e está começando", conta. Porém, com a evolução de seu emagrecimento, Fabiano começou a contagiar algumas dessas mesmas pessoas que o provocavam e conseguiu até angariar mais adeptos para o seu novo estilo de vida.

Uma nova vida

"O sono foi umas das qualidades de vida que ganhei. Durante o processo de emagrecimento comecei a notar que a minha ansiedade também diminuiu bastante. Além disso, ganhei liberdade para ir e vir. Comecei a frequentar outros lugares e a fazer o que eu não fazia. Ganhei autoestima e isso foi fundamental para o relacionamento com as outras pessoas", diz ele.

Hoje, ele continua se esforçando para manter os bons resultados e conquistar cada vez mais vitórias. "Agora, eu tenho outros objetivos. A aposta me fez perder peso, mas, nesse caminho, eu descobri uma força de vontade que estava latente e eu desconhecia. Nos meus planos, o próximo passo é poder estimular a mudança em todas as pessoas que eu conseguir. Tento fazer isso por meio do meu livro, das minhas palestras, do meu acompanhamento como coach ou das minhas redes sociais. Tenho milhares de seguidores que acompanham a minha história e se inspiram na minha trajetória. Para mim, é uma grande satisfação poder ajudar e ser visto como exemplo a ser seguido", relata o publicitário, que mudou de vida em todos os sentidos.