Como Paolla Oliveira mantém o corpão: nutricionista revela

A nutricionista Patricia Davidson Haiat contou o que tirou do cardápio da atriz e quais alimentos ajudaram ela a perder peso

POR BEATRIZ CAETANO - PUBLICADO EM 05/09/2017

Nutricionista revela como Paolla Oliveira mantém o corpão - foto: Divulgação/Instagram
Nutricionista revela como Paolla Oliveira mantém o corpão

Aos 35 anos, a atriz Paolla Oliveira tem exibido um corpo escultural na novela "A Força do Querer", da TV Globo, na qual interpreta uma policial que sonha em ser lutadora de MMA. Para alcançar a forma física atual, ela precisou mudar sua rotina de exercícios e suas escolhas para as refeições. Com o auxílio da nutricionista Patrícia Davidson Haiat, a atriz ganhou um planejamento alimentar personalizado.

PUBLICIDADE

"Como a personagem da novela exige um preparo físico maior, os treinos são muito intensos, introduzi no plano alimentar da Paolla mais proteínas e raízes, como aipim, batata baroa e inhame para compensar o gasto de energia. Além disso, incluí opções como frutas, legumes e verduras, além de proteínas e sopas; alimentos antioxidantes como frutas vermelhas, cacau, suco de uva integral, que são essenciais no plano alimentar dela", comentou Patrícia Davidson, em entrevista ao Minha Vida.

Seguindo as orientações da especialista, Paolla Oliveira precisou reduzir a ingestão de carboidratos, deixando esse tipo de alimento apenas para o café da manhã. Também foram retirados do cardápio alguns itens identificados no exame de intolerância alimentar que estavam atrapalhando o funcionamento do organismo da atriz, assim como doces, frituras e refrigerante, que ela precisa evitar

Em seu cardápio diário, a preferência é por alimentos que ajudam a acelerar o metabolismo, como abacate, óleo de coco, canela, chás (hibisco, verde, branco), gengibre, cúrcuma (açafrão).

Segundo a nutricionista, a escolha para os lanches feitos entre as refeição também requer atenção: "Como a rotina da Paolla é muito corrida, indico oleaginosas (como castanhas, nozes e amêndoas), tomatinhos, cenoura baby com húmus tahine, frutas, atum e omelete. Eu sou contra industrializados e, como o lanche é a refeição mais fácil de escorregar, é sempre bom ter na bolsa algumas opções de snacks saudáveis."

Devido aos treinos intensos de jiu jitsu, Paola precisa consumir as fontes adequadas de proteína e carboidrato, para manter a saúde muscular e a energia nos treinos. "Para os carboidratos, são indicados raízes (aipim, batata doce, inhame) e frutas. Já para as fontes proteicas, sugerimos peixe, frango, ovo, queijos e suplemento proteico vegano", indicou a nutricionista.

Para manter a boa forma, a atriz teve que aprender a ingerir os alimentos certos, adequados à sua rotina de exercícios. De acordo com a nutricionista, o maiores segredos alimentares da Paolla Oliveira são:

1) Café com óleo de coco: bom para dar energia, ação termogênica (acelera perda de gordura), traz saciedade

2) Raízes: dão energia e ajudam na recuperação e ganho de massa magra
3) Shake de proteína: para ganho de massa magra e dar saciedade

Resistir às tentações do dia a dia é a tarefa mais difícil para quem está tentando emagrecer ou mudar os hábitos alimentares, e até mesmo as celebridades sofrem com esses desejos quase incontroláveis.

"Paolla gosta de uma cervejinha e de doce, mas indico optar sempre pelos chocolates amargos. Por isso, elaboramos um plano equilibrado aliando esses pequenos prazeres. O que fazemos é adequar as necessidades da Paola junto à essas opções que ela gosta e com o ritmo de treino e trabalho. A ideia não é fazê-la abrir mão das coisas que ela gosta muito, mas substituir por opções mais saudáveis", revelou a nutricionista Patrícia Davidson.

Com as combinações certas, é possível tornar uma receita saudável. Para quem não consegue fugir dos doces, Patrícia ensina uma sobremesa fácil e irresistível: "Fatie 5 morangos ou 1 banana, em seguida passe 1 colher de sobremesa de creme de nuts e cacau. Deixar na geladeira ou freezer até gelar". Pronto, depois é só curtir esse docinho saudável.

Restrição de alimentos

Apesar de as dietas terem virado sinônimo de privação e restrição, é preciso entender que é possível comer algo que gostamos, porém, de forma mais saudável e sem exageros. No início da mudança alimentar, todos querem saber quando poderão sair da dieta e ter o dia livre, o famoso "dia de lixo" e é justamente esse pensamento que pode prejudicar todo o processo.

"Nada é proibido, mas como nosso corpo funciona do mesmo jeito todos os dias, não aconselho a ter um dia de extravagâncias, porque pode fazer o intestino desandar, as pernas incharem e a disposição despencar. E quando você abre uma exceção é difícil voltar no ritmo. O corpo precisa de 21 dias para se acostumar com qualquer mudança, seja uma dieta ou um exercício novo", comentou.

Dieta personalizada

O grande erro de muitas pessoas é iniciar uma dieta sem o aconselhamento profissional, porém cada indivíduo tem suas particularidades. "O que se aplica a uma pessoa nem sempre vai funcionar com você. Por isso, deve-se procurar um nutricionista e um educador físico para receber corretas orientações de alimentação e treinos", disse Patrícia.

Paolla Oliveira e Patrícia Davidson - foto: Divulgação/Instagram
Paolla Oliveira e Patrícia Davidson

É muito comum ver pessoas se submetendo a dietas extremamente restritas, emagrecerem rapidamente e depois engordarem tudo de novo. Para solucionar esse problema somente com a ajuda de um profissional da saúde.

"Muitas pessoas fazem uma dieta rigorosa somente para perder o excesso de peso para um evento, o que acho válido em alguns momentos. Mas somente com um entendimento e a orientação do porquê alguns alimentos não são indicados na rotina, é que a pessoa vai entender a importância de seguir uma alimentação equilibrada e saudável a vida toda. Com isso, a chance do efeito sanfona se fazer presente é reduzida", afirmou a nutricionista.

Ela explica ainda que é essencial procurar um especialista para que avaliar com você qual a melhor estratégia de alimentação para o seu caso. Porém, algumas dicas podem ajudar quem está com o objetivo de perder peso.

"Investir em atividade física, vegetais, frutas, fontes proteicas (ovo, carnes magras), fontes de gordura boa (coco, castanhas, abacate), temperos anti-inflamatórios (gengibre, cúrcuma, canela), chás e uma alimentação livre de produtos industrializados e refrigerantes ajudam a manter a saúde e a perda de peso", revelou.

Tecnologia a serviço do emagrecimento

Um dos procedimentos utilizados na clínica da Patrícia Davidson Haiati é o Scanner BioCorporal, uma nova tecnologia capaz de avaliar se a pessoa tem a chance de desenvolver algum tipo de doença ou distúrbio metabólico, como doença cardíaca ou diabetes, pelos próximos sete anos. Ele é um exame de prevenção.

"No exame avaliamos se há algum grau de resistência à insulina ou insuficiência das células pancreáticas que produzem o hormônio insulina. Quando há a presença de uma dessas alterações, o corpo não metaboliza o carboidrato de forma adequada, levando ao acúmulo de gordura, dificuldade de perda de peso e, se não tratado, o aparecimento de diabetes", contou.

Além disso, existe outra parte importante do exame que é a verificação de alguma possível alteração cardíaca, como indícios de obstrução nas artérias e elasticidade e resistência diminuída (relacionado com hipertensão, infarto, derrames).

"O exame também consegue avaliar se estamos tendo sobrecarga de órgãos, como intestino, cérebro, pâncreas e fígado. A partir da avaliação, são analisados quais sistemas precisam de maiores cuidados, como digestivo ou vascular, por exemplo", completou.