Sete dicas para ultrapassar a Páscoa sem engordar

Sabendo controlar a gula, dá para comer chocolate e bacalhau sem ganhar peso

Adoro chocolate. Os brancos são meus favoritos: a boca enche de água só ao imaginar aquela massinha doce e macia começando a derreter... Na Páscoa, as tentações estão por todos os lados. No supermercado, as prateleiras transbordam com ovos lindos e brilhantes. Aquela amiga manda e-mails, oferecendo produtos caseiros e eu aqui, suando para manter minha dieta.

Se a tortura é parecida no seu caso, melhor respirar fundo e tentar se controlar antes que o estrago seja feito. Para evitar exageros, separei uma série de dicas que sempre me ajudam quando preciso segurar meu destempero. Espero que elas também sejam úteis quando pintar aquela mousse linda na mesa e você precisar resistir.

Mas, se precisar de uma forcinha extra, conte comigo e com toda a equipe do Dieta & Saúde. Juntos, vamos vencer mais este desafio e alcançar o peso ideal sem deixar que nenhum tabletinho abale nossa convicção. Boa Páscoa e até a próxima.

Roberta Stella, nutricionista.

Comece pela salada

No almoço de Páscoa, inicie a refeição com um prato recheado de saladas e legumes cozidos. Esses alimentos apresentam baixa quantidade calórica e são ricos em fibras que dão maior sensação de saciedade. Tempere as saladas com azeite, limão, vinagre. O azeite é rico em calorias e, por isso, tenha moderação. Para acrescentar mais sabor, utilize frutas picadas como, por exemplo, maçã, laranja e manga.