Como consumir goji berry, chia, chá de hibisco e outros alimentos que ajudam a emagrecer

Saiba a maneira correta de ingerir para que eles realmente ajudem na perda de peso

Alguns alimentos funcionais ganharam fama por auxiliarem na perda de peso e ainda possuírem uma série de nutrientes essenciais para a saúde. Porém, é preciso tomar cuidado ao consumi-los, pois algumas maneiras podem fazer com que o alimento não ofereça todas as substâncias benéficas que tem. A seguir, nutricionistas explicam qual é a maneira correta de ingerir o goji berry, o chá de hibisco, o chá verde, a linhaça, a chia, o gengibre, a canela, a pimenta, a quinoa, o café, o agar-agar e o gergelim. Confira:

Café

O café é uma bebida termogênica e ainda tem ação estimulante e é benéfico para o coração. Tanto as versão coada como expressa são benéficas para a saúde. "A forma ideal de consumo do café é puro e de preferência sem açúcar ou adoçante", conta Maida. A orientação é consumir no máximo entre três e quatro xícaras de 50 ml de café por dia.

O excesso de café pode levar a alguns problemas de saúde. A mucosa do estômago pode ser prejudicada por grandes quantidades da bebida. Devido à cafeína presente no café pode ocorrer o aumento da frequência cardíaca em casos de abuso.

O café não coado, como o turco, ainda pode levar ao aumento do colesterol. O sono também pode ser afetado pelo excesso da bebida, já que ela tem ação estimulante. Por isso, a orientação é evitar a bebida após às 16h. O excesso de café pode ser considerado algo acima de seis xícaras de 50 ml por dia.

Gestantes e crianças devem evitar o consumo de café. Pessoas que sofrem de ansiedade, glaucoma, incontinência urinária, osteoporose, hipertensão, diabetes e Síndrome do Intestino Irritável devem consultar seus médicos sobre se podem e o quanto podem consumir de café.

Quem toma pílula anticoncepcional deve ingerir o café de forma moderada. Isto porque a cafeína interage com a pílula e a combinação entre os dois pode levar a nervosismo, dor de cabeça, batimento cardíaco rápido e outro efeitos colaterais.
Quem estiver com diarreia também deve evitar o consumo do café, isto porque em algumas pessoas mais sensíveis uma pequena xícara basta para estimular os músculos do intestino. Além disso, o efeito diurético da cafeína faz com que a pessoa perca líquidos que são extremamente necessários quando a ela está com o diarreia.