Como consumir goji berry, chia, chá de hibisco e outros alimentos que ajudam a emagrecer

Saiba a maneira correta de ingerir para que eles realmente ajudem na perda de peso

Alguns alimentos funcionais ganharam fama por auxiliarem na perda de peso e ainda possuírem uma série de nutrientes essenciais para a saúde. Porém, é preciso tomar cuidado ao consumi-los, pois algumas maneiras podem fazer com que o alimento não ofereça todas as substâncias benéficas que tem. A seguir, nutricionistas explicam qual é a maneira correta de ingerir o goji berry, o chá de hibisco, o chá verde, a linhaça, a chia, o gengibre, a canela, a pimenta, a quinoa, o café, o agar-agar e o gergelim. Confira:

Gengibre

O gengibre ajuda na perda de peso e também tem ação anti-inflamatória. Ele pode ser consumido de diversas maneiras saudáveis, uma delas é como chá. "O chá pode ser feito por fervura, com a tampa do recipiente fechada, mas também pode ser utilizado em lascas dentro da água ou mesmo dentro de chás como o de hibisco", orienta Medeiros.

Este alimento também pode ser adicionado ao suco na hora de liquidificar e após feito isso não coe a bebida antes do consumo. "O ideal é tomar no momento do preparo, afinal a maioria das misturas que levam o gengibre são fontes de vitamina
C que é bastante sensível a variações de temperatura", explica Medeiros.

As lascas de gengibre puras podem ser adicionadas na salada ou ao molho que irá acompanhar o prato. O gengibre em pó é uma ótima opção para temperar carnes e sobremesas. Estudos sugerem que benefícios podem ser alcançados com o consumo de 2 a 4 gramas de gengibre por dia.

O gengibre não é recomendado para gestantes, lactantes e crianças. O alimento também não é orientado para pessoas com hipertireoidismo, com cardiopatias, enxaqueca, úlcera e alergias.

O gengibre pode ter alguns efeitos colaterais como azia, diarreia e desconforto estomacal. Caso isso ocorra o alimento deve ser excluído da dieta. O gengibre é contraindicado para pacientes que fazem usos de medicamentos anticoagulantes por já retardar a coagulação sanguínea. A raiz também é perigosa para quem toma remédios para controle do diabetes.